quarta-feira, 29 de junho de 2016

Caos

O caos é silencioso
e o silencio é pesar
é coragem surrada
é potencia perdida
é paciência mecanizada
é escolha não feita
poema não escrito
desejo castrado
culpa, enorme
daquelas que se estendem
a todas as coisas
que impedem todo novo inicio
e impregnam as vontades
mas não culpa dela que
de fato, silenciou se
ou do mundo que deu de ombros
mas minha
minha falta de coragem
minha falta de vontade
meu pesar e silencio
meu caos.

2 comentários:

Anônimo disse...

"Angustia e culpa são fatores dominantes na vida dos seres humanos. Muitos afirmam que os mesmos são ainda mais poderosos e abismais que fome e amor. Não estes mas angustia e culpa, são considerados em diversos lugares e de acordo com velhos provérbios como aquilo que apreende o mundo no íntimo. (....) Mas, apressemo-nos a escutar, pois as vozes dos nossos infelizes que clamam no deserto estão ficando cada vez mais fracas e incompreensíveis. As gesticulações descomedidas das grandes histerias estão hoje em dia praticamente extintas. (....) Hoje, todavia, angústia e culpa ameaçam se esconder mais e mais sob a fachada fria e lisa de um tédio vazio e por traz de uma muralha gélida de sentimentos desolados de completa insensatez da vida"
M. Boss

A.

douglas henrique miesterludi disse...

Feliz 4 de Julho, A. Obrigado pelo comentário.