sexta-feira, 3 de junho de 2016

Paradoxos

Qual o sentido, quando se busca algo
sem ter ao certo pra si a existência?
e qual o sentido de sentir ao certo
o que talvez se busca?
a essência do paradoxo
talvez existir é também talvez
não existir, e a possibilidade
da existência é um ponto cego
meia mentira é assim meia verdade
felicidade e tristeza
amor e ódio
doce e amargo
todos lados de uma mesma moeda

As coisas jamais voltariam
a ser novamente como antes
as coisas nunca voltaram a ser
como antes, mas em essencia
a potencia de ser, leva a crer que é
e esconde a igual potencia
do não ser.

5 comentários:

disse...

Fiquei confusa... rs

douglas henrique miesterludi disse...

Eu li Kant... uhauhauhauhauhauhauah

Marisa Collucci disse...

meu QI não é suficiente...hahahaha....

Marisa Collucci disse...

meu QI não é suficiente...hahahaha....

Anônimo disse...

“o ser deve ser tão plenamente quanto o nada não é”
A. Barabas

A.