sábado, 3 de outubro de 2015

Minha trilha...

Não me lembro em que momento
a trilha sonora entrou em minha vida
não me lembro se em algum momento fui um filme mudo
mas das mudanças, essas eu me lembro

Do Rap que espelhava minha raiva
de adolescente ressentido com o mundo
ao punk da revolta específica
e a vontade de ser diferente de tudo

mas com a adolescência a melodia dos amores
"love metal" brega aos não correspondidos
creed e alanis ao primeiro amor, em duas notas
metal melódico, e a voz angelical do coelho do mato (o original)
Ao amor que me fez observar o céu, Ursa menor

O mesmo metal que me fez "seguir em frente"
e que me apresentou o "conto de fadas"
e me levou as "raízes", a "olhar interno"
e a estrela cintilante, a maturidade

a trilha cada vez mais complexa da minha vida
deságua então no seu nó poético
O desafio do amor com pés no chão
o impossível

e numa noite de natal, ou quase
sob o céu e os vaga lumes
num segundo de sobriedade...
não esperava ter do meu lado, "alguém como vc"

mas a beleza das canções de amor
sempre terminam num samba do crioulo doido
e volto a trilha triste de sempre


'cause i'm creep*
Don't Deserve You*
so carry on*...



O tempo não para...*


Eu tive um sonho ruim e acordei chorando


Por isso eu te liguei


Será que você ainda pensa em mim?


Será que você ainda pensa?*



referências:


* Radiohead - Creep


** Plumb - Don't deserve you


*** Angra - Carry on


**** cazuza - O tempo não para


*****Cazuza - Por quase um segundo

3 comentários:

disse...

👏
Melhor do que estava... E sim, Coelho do Mato original é o melhor...

disse...

👏
Melhor do que estava... E sim, Coelho do Mato original é o melhor...

douglas henrique miesterludi disse...

Vixe Su, deixei passar um quadro branco e tu nem estranhou na postagem uhauhauhauha