quarta-feira, 1 de junho de 2011

E ele...

de frustrar se cansou mas nada fez, a nao ser acordar mal, naqueles dias frios onde o sol preguiçoso parece nao querer se levantar tambem... e ninguem percebeu que o sorriso a tempos era falso, que que ao encarar raramente nos olhos o olhar nao soh carente é triste, e que talvez nada mais possa mudar essa tristeza cronica... nao  importa se o palhaço faz sorrir estando triste, é pago pra isso, e quem faz isso sem nada em troca, nem um carinho... e ele encontrou borboletas de origami num onibus, a intençao era pagar com um sorriso, mas uma lagrima insistiu em sair...

2 comentários:

Anne Luka disse...

Engraçado... Também achei uma borboleta destruída no ônibus e não consegui sorrir...

miesterludi disse...

borboletas me traumatizam