domingo, 5 de junho de 2011

Sobre amor...

Existem incansáveis tentativas de se definir a palavra e/ou o sentimento e são todas interessantes mas, nem todas pensam que amor não é um conto de fadas fofinho, mas tem como ser fofinho ainda assim.
Hoje entre conversas e pensamentos meus tive um insight bom, não fenomenal, mas me fez entender um pouco mais sobre essa coisinha ai. A necessidade de ter pra si não raramente faz a gente se esquecer o fundamento básico de amar... Cuidar. Ter pra si até facilita, mas não ter não é motivo pra deixar pra lá e esquecer, as vezes temos a chance de fazer feliz tantas pessoas importantes ao mesmo tempo, e pq não lutar por isso, ao invés de brigar pelo troco errado no caixa, pelo ônibus lotado ( confira se tem uma borboleta de origami nesse ônibus , se sim sorria ao invés de destruir ela...), pela falta de "coisas", pq não agradecer a manha que se pode acordar mais tarde, as pessoas que te fazem sentir mais vivo(a), devolver pra lua o sorriso que ela te deu, rir de tudo que se tem vontade... E pq não pensar que tudo a sua volta merece amor simplesmente por fazer de vc quem é. Admito que dói quando alguem resolve partir ou prefere outro alguem a estar contigo, mas é inevitável, amar dói, cansa, é realmente um campo de batalha, mas como diz aquela musica, pelo que mais vale a pena se lutar? ou não... kkkkkk

11 comentários:

...:::Cursed Sun:::... disse...

ahh que lindo....
super capie Diem...
xD

miesterludi disse...

to dizendo que to mudando muito, uhauhauhauhauha, maldita psicologia ^^

/ Jess Araújo disse...

Exatamente o que aconteceu comigo no fim de semana.
E doeu, tem doído.
Mas, que não seja pra alguém esse amor todo, que seja pro Universo e suas divindades, mas que seja sempre.

Mesa redonda sobre o amor, quem curte? rsrs

Beijo!

miesterludi disse...

eu quero, se eu puder defender a metafisica do amor do schopenhauer, gosto de ser do contra, vou contra eu msm entao, uhauhauha

Nischiyama disse...

Hey! Eu nunca tinha parado para ver teu blog, gostei! ;)
Pode ter certeza que agora eu vou estar seguindo!

Teorias de Gi disse...

Oi vim da uma olhadinha no seu blog e é muito, gostei da sua visão sobre o amor, parece um pouco com minhas teorias.Tenho um texto em meu blog que talves vc possa gostar!

http://umaamigapramim.blogspot.com/2011/05/verdades-sobre-o-amor.html

Teorias de Gi disse...

Tá esqueci do legal, no muito Legal!
e escrevi talvez com s.

Natasha Piervy disse...

Olá nós do blog Madness agradecemos sua visita, mas constatamos que você ainda não é um seguidor, desculpe mas seguimos só quem nos segue.

Natasha Piervy disse...

Prontinho já estamos seguindo.

Nossa você disse tudo nesse texto de um jeito bem enigmático mas bem claro, quem derá se todo mundo pensasse assim. Muitas pessoas por se decepcionarem com o amor acabam jogando tudo para o ar, mas existe outros momentos cheios de amor, sim claro quando nos decepcionamos ficamos irados, mas isso não resolverá esse enigma, o negócio é você lutar contra seu interior e mostrar que você é diferentemente amável e se tornando único.

Anne Luka disse...

Adoro quando você faz essas suas reflexões... bom.. cuidar é uma das partes mais gostosas pra mim, a gente precisa amar muito para cuidar das pessoas, para tentar tirar um sorriso de uma cara emburrada, animar os desanimados... mas te-las por perto é só um detalhe, como você disse, facilita, mas não é tudo. Eu acredito muito na teoria de que tudo que é exclusivo demais poderia ser muito beem aproveitado em outros lugares.. Amor é uma destas coisas com alto grau de necessidade de compartilhamento... Às vezes eu andando de bus indo pra facul ou pra qualquer outro lugar, vejo pessoas emburradas, sozinhas... Pode ser que estejam apenas pensando na vida e tals, mas me da uma vontade de ir até elas e sei la... OK.. Ainda não cheguei neste estágio da cara de pau.. Mas distribuir amor é importante... Tão mais importante talvez que ter o amor, ou que amar... enfim.. mais um pouco e eu posto isso no meu blog.. rs

bjuss... JST... rs

Emily disse...

simples e bom de se ler.
Amar gera amor, gentileza gera gentileza..e assim vai..rs
mt massa.
=)